Economia

Congresso dos EUA deve votar aumento de valor de cheques diretos a norte-americanos

Reuters
Reuters
Congresso dos EUA deve votar aumento de valor de cheques diretos a norte-americanos
(Blank Headline Received)

28 de dezembro de 2020 - 16:32 - Atualizado em 28 de dezembro de 2020 - 16:35

Por Susan Cornwell e Steve Holland

WASHINGTON/PALM BEACH, EUA (Reuters) – Democratas do Congresso dos Estados Unidos vão tentar pressionar nesta segunda-feira por aumento a 2 mil dólares no valor dos cheques diretos a norte-americanos, num esforço para aumentar a ajuda aos cidadãos do país, situação que colocou os parlamentares em um raro alinhamento com o presidente Donald Trump.

Na semana passada, o republicano Trump ameaçou obstruir um pacote de alívio e gastos à pandemia de 2,3 trilhões de dólares se o Congresso não elevasse os pagamentos via cheque de 600 dólares para 2 mil dólares e reduzisse outros gastos.

Trump desistiu de suas exigências no domingo, à medida que uma possível paralisação da máquina pública, devido a disputas com os parlamentares, aproximava-se.

Mas os democratas, que têm maioria na Câmara dos Deputados, há muito desejam cheques de alívio de 2 mil dólares e esperam usar o ponto de acordo com Trump para avançarem na proposta –ou pelo menos deixar registrado que os republicanos estão contra ela– em votação nesta segunda-feira.

Não ficou claro por que Trump, que deixa o cargo em 20 de janeiro depois de perder a eleição de novembro para o oponente democrata Joe Biden, recuou de sua ameaça de obstruir o projeto e o sancionou.

A votação no Congresso está prevista para começar no final da tarde e seguir pelo anoitecer. Os parlamentares também tentarão anular o recente veto de Trump a um projeto de 740 bilhões de dólares para o Departamento de Defesa. Se bem-sucedida, seria a primeira anulação do veto da Presidência de Trump.

(Por Susan Cornwell e David Morgan em Washington e Steve Holland em Palm Beach; reportagem adicional de Susan Heavey e Simon Lewis)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBR0WD-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.