Economia

Confiança do consumidor alemão fica estável para agosto, aponta GfK

Reuters
Reuters
Confiança do consumidor alemão fica estável para agosto, aponta GfK
Distrito de compras de Hohe Strasse em Colônia. Alemanha

28 de julho de 2021 - 09:21 - Atualizado em 28 de julho de 2021 - 09:25

BERLIM (Reuters) – A confiança do consumidor alemão ficou estável para o mês de agosto, à medida que os consumidores estão mais dispostos a gastar, mas com uma visão menos otimista sobre as perspectivas econômicas do que no mês anterior devido às preocupações com o aumento do número de casos de Covid-19, mostrou uma pesquisa nesta quarta-feira.

O instituto GfK informou que seu índice de confiança do consumidor, baseado em uma pesquisa com cerca de 2 mil alemães, permaneceu em -0,3 ponto. A previsão da Reuters era de uma leitura de 1,0.

Após mais de dois meses em constante queda, os casos de Covid-19 têm aumentado desde o início de julho, principalmente devido à disseminação da variante Delta do coronavírus, que é mais contagiosa.

“Isso atualmente impede uma melhora significativa na confiança do consumidor”, disse o especialista em consumo da GfK, Rolf Buerkl, em comunicado, mas acrescentou que a economia doméstica contribuirá positivamente para o crescimento no segundo semestre do ano.

Aproximadamente 60% dos 83 milhões de habitantes da Alemanha tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e cerca da metade está totalmente imunizada.

(Por Paul Carrel)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6R0WK-BASEIMAGE