Economia

Braskem fecha acordos para extinguir ações civis após evento geológico em Alagoas

Reuters
Reuters
Braskem fecha acordos para extinguir ações civis após evento geológico em Alagoas
Morador de Maceió (AL) mostra estrago ligado evento geológico

30 de dezembro de 2020 - 19:11 - Atualizado em 30 de dezembro de 2020 - 19:15

SÃO PAULO (Reuters) – A Braskem anunciou nesta quarta-feira que fechou acordos com autoridades para extinguir ações civis públicas relacionadas a um evento geológico com afundamento do solo ocorrido em Alagoas, para compensação dos moradores e reparação socioambiental.

Em fato relevante, a companhia disse que a estimativa preliminar das ações adicionais decorrentes destes acordos é de aproximadamente 1,2 bilhão de reais, além dos 7,9 bilhões já provisionados ao final do terceiro trimestre de 2020.

“A celebração dos Acordos para Compensação dos Moradores e para Reparação Socioambiental representa um avanço importante em relação ao evento geológico de Alagoas e seus potenciais impactos”, disse a empresa.

Em novembro, a Braskem estimou em 3 bilhões de reais custos e despesas adicionais para a implementação de medidas definidas pela Agência Nacional de Mineração (ANM) para fechamento de minas instáveis de extração de sal em Maceió (AL).

(Por Nayara Figueiredo)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBT1D6-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.