Economia

Blue-chips da China fecham em alta com impulso de saúde e consumo

Reuters
Reuters
Blue-chips da China fecham em alta com impulso de saúde e consumo
Telão em Xangai mostra flutuações dos mercados acionários

19 de julho de 2021 - 07:32 - Atualizado em 19 de julho de 2021 - 07:35

XANGAI (Reuters) – O índice de blue-chips da China fechou em alta nesta segunda-feira, recuperando perdas anteriores, impulsionado por empresas de saúde e consumo e entradas de fluxos através do esquema Stock Connect.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,37% nesta sexta-feira depois de chegar a cair 0,93%, enquanto o índice de Xangai teve perda de 0,01%.

As empresas de saúde deram o maior impulso ao CSI300, com o subíndice do setor em alta de 2,27% no dia. O setor de consumo básico ganhou 0,3%, e o de consumo discricionário subiu 1,32%.

Investidores estrangeiros foram compradores, com dados da Refinitiv mostrando entrada de 7,74 bilhões de iuanes (1,19 bilhão de dólares) nas ações-A da China através do esquema Stock Connect via Hong Kong.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,25%, a 27.652 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,84%, a 27.489 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,01%, a 3.539 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,37%, a 5.113 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,00%, a 3.244 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,59%, a 17.789 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,30%, a 3.111 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,85%, a 7.286 pontos.

(Reportagem de Andrew Galbraith)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6I0G8-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.