Economia

BC do Japão está cautelosamente otimista sobre economias regionais com aumento de divergências

Reuters
Reuters
BC do Japão está cautelosamente otimista sobre economias regionais com aumento de divergências
Presidente do BC do Japão, Haruhiko Kuroda

5 de julho de 2021 - 08:46 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 08:50

Por Leika Kihara e Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) – O banco central do Japão ofereceu uma visão cautelosamente otimista sobre as economias regionais do país, apontando para tendências divergentes entre áreas que estão ganhando com exportações robustas e aquelas ainda afetadas pelo consumo fraco devido à pandemia de Covid-19.

Em um relatório trimestral divulgado nesta segunda-feira, o Banco do Japão elevou sua avaliação para duas das nove regiões do Japão, incluindo a área oeste de Kinki, que abriga grandes exportadores, como a Panasonic.

Mas o banco central cortou sua avaliação para duas regiões e não alterou sua visão para as cinco áreas restantes, já que a pandemia esfriou os gastos do consumidor e continuou a atingir a indústria do turismo.

A avaliação reforça as expectativas do mercado de que o Banco do Japão vai manter seus estímulos agressivos, mas não expandirá as medidas tão cedo na esperança de que a economia se recupere sem apoio adicional.

“A economia do Japão continua em estado grave, mas está se recuperando como uma tendência”, disse o presidente da autoridade monetária, Haruhiko Kuroda, em reunião trimestral dos gerentes regionais do banco nesta segunda-feira.

A avaliação sobre o Japão regional estará entre os fatores que o banco central examinará em sua reunião de política monetária da semana que vem.

O banco central deve manter a política monetária no próximo encontro e manter sua visão de que a terceira maior economia do mundo está caminhando para uma recuperação, dizem fontes familiarizadas com seu pensamento.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH640CZ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.