Economia

Bancos puxam alta do Ibovespa em sessão de volume reduzido

Reuters
Reuters
Bancos puxam alta do Ibovespa em sessão de volume reduzido
Painel eletrônico na B3

22 de dezembro de 2020 - 11:33 - Atualizado em 22 de dezembro de 2020 - 11:35

Por Peter Frontini

SÃO PAULO (Reuters) – Apesar da mutação do coronavírus seguir no radar, o índice de referência da bolsa paulista mostrava recuperação nesta terça-feira, acompanhando mercados do exterior, em sessão também marcada por um volume de negócios reduzido e pela alta de papéis do setor bancário.

Na véspera, temores causados pela nova variante do coronavírus encontrada no Reino Unido colocaram investidores em estado de alerta e pressionaram o índice, que recuou 1,88%.

Já nesta terça-feira, o Ibovespa subia 0,65%, a 116.578,81 pontos às 11:24. O volume financeiro era de 4,2 bilhões de reais.

A Organização Mundial da Saúde reiterou nesta terça-feira que ainda não há informação suficiente para determinar se a nova variante afetará a eficácia das vacinas, afirmando que pesquisas estão em andamento. A Pfizer e a BioNtech já afirmaram que estão realizando testes de sua vacina contra a nova linhagem do vírus.

Para analistas do Banco Safra, incertezas relacionadas à variante do coronavírus trazem uma maior aversão ao risco para investidores.

“Apesar do cenário poder trazer volatilidade no curto prazo, seguimos com a visão construtiva para o mercado de renda variável no médio prazo,” afirmaram em nota.

Também melhorando o humor de mercados globais estava a notícia da aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos de um pacote de ajuda de 892 bilhões de dólares para dar suporte à economia afetada pela pandemia depois de meses de impasses.

Na agenda de indicadores, a prévia da inflação brasileira em dezembro continuou sob forte pressão, com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) acelerando alta a 1,06% em dezembro, ante 0,81% em novembro, no resultado mensal mais alto desde junho de 2018 (1,11%), segundo dados do IBGE.

Nos EUA, o PIB foi revisado a uma taxa anualizada de 33,4% no trimestre passado, em relação ao ritmo de 33,1% informado anteriormente. Economistas consultados pela Reuters esperavam que o PIB do terceiro trimestre não seria revisado.

DESTAQUES

– BRADESCO PN avançava 2,3%, com o setor bancário apoiando a alta do Ibovespa. ITAÚ UNIBANCO PN subia 1%, BANCO DO BRASIL ON valorizava-se 1,4%, enquanto SANTANDER BR UNT registrava alta de 1,3%.

– Processadoras de carne também tinham bom desempenho, com MINERVA ON avançando 5%, BRF ON operando em alta de 2,9%, enquanto MARFRIG ON e JBS ON avançavam 4% e 3%, respectivamente.

– PETRO RIO ON ganhava 2,5%. A petrolífera informou que assinou acordo com a Prisma Capital para converter um financiamento-ponte de 100 milhões de dólares em um financiamento de longo prazo. PETROBRAS PN e PETROBRAS ON avançavam 0,9% e 1,3%, respectivamente.

– CSN ON tinha queda de 1,3%, após ser uma das poucas ações do índice a terem desempenho positivo na segunda-feira. Mesmo com a queda, a companhia acumula valorização de quase 30% em dezembro, em meio a notícias sobre a listagem de ações de suas unidades.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBL0ZW-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.