Economia

Acordo entre Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos será catalisador de alta para petróleo, diz Goldman

Reuters
Reuters
Acordo entre Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos será catalisador de alta para petróleo, diz Goldman
Instalações de produção de petróleo no campod de Shaybah, Arábia Saudita

15 de julho de 2021 - 16:53 - Atualizado em 15 de julho de 2021 - 16:55

(Reuters) – O Goldman Sachs espera que um acordo sobre oferta de petróleo entre Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos seja um catalisador de alta para os preços dos próximos meses, com o banco de investimentos dos EUA mantendo a previsão de preço do Brent para o verão (do Hemisfério Norte) em 80 dólares o barril.

Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos chegaram a um compromisso sobre a política da Opep+, afirmou uma fonte da Opep+ à Reuters na quarta-feira, em um movimento que deve abrir um acordo para fornecer mais petróleo para um mercado apertado.

“Tal acordo ajudaria a diminuir a (modesta) divisão entre os dois países e a eliminar os riscos (baixa probabilidade) da Opep+ de uma potencial guerra de preços ou crescimento insuficiente da produção”, disse o banco em nota na quarta-feira.

Goldman estima um risco de alta de 2 a 4 dólares por barril para sua previsão de verão de 80 dólares por barril e 75 dólares por barril para sua expectativa de preço do Brent para 2022.

O banco também observou que a falta de um acordo nuclear com o Irã aumentaria sua estimativa de preço para 2022 em 10 dólares por barril.

O Irã e as potências globais estão negociando desde abril para suspender as sanções contra Teerã, que afetaram duramente sua economia ao cortar suas exportações vitais de petróleo.

(Reportagem de Brijesh Patel em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6E14G-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.