Economia

Ações europeias fecham em máxima recorde antes do Fed

Reuters
Reuters
Ações europeias fecham em máxima recorde antes do Fed
Entrada da Bolsa de Londres

16 de junho de 2021 - 14:01 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 14:05

Por Sagarika Jaisinghani e Ambar Warrick

(Reuters) – As ações europeias fecharam em máxima recorde nesta quarta-feira, apesar da cautela antes da reunião do Federal Reserve que poderá traçar planos para iniciar a redução do seu estímulo monetário nos Estados Unidos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,21%, a 1.774 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,23%, a um pico histórico de 459,86 pontos, em sua nona sessão de ganhos e marcando a mais longa série de altas consecutivas em três anos e meio.

As ações de viagens e lazer, serviços públicos e do setor químico tiveram o melhor desempenho, já que os investidores estão apostando em um aumento na demanda do consumidor e na produção industrial. Mas os bancos caíram 0,9% com perdas nas ações no Banco Sabadell, Santander e Caixabank, depois de a agência reguladora de competições da Espanha abrir investigação sobre possíveis práticas anticompetitivas no marketing de empréstimos apoiados pelo Estado durante a pandemia.

Após sinais “dovish” do Banco Central Europeu na semana passada, a expectativa é de que o Fed pelo menos sinalize o início das conversas sobre quando e como reduzir as políticas monetárias de estímulo postas em prática no início da pandemia.

“Acredita-se que o Fed vai manter sua política monetária e novamente minimizar as conversas de redução. No entanto, os mercados procuram pistas sobre se o Fed está começando a reconhecer que a inflação pode não ser tão transitória quanto se pensava”, escreveram analistas do ING em nota.

Na Europa, ações de viagem e lazer subiram 1,3% após perdas acentuadas na terça-feira, enquanto serviços públicos ganharam 1%.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,17%, a 7.184 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,12%, a 15.710 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,20%, a 6.652 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,12%, a 25.767 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,31%, a 9.202 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,46%, a 5.225 pontos.

(Por Sagarika Jaisinghani e Ambar Warrick em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5F12J-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.