Economia

Ações da China interrompem rali com preocupações sobre segurança de vacinas experimentais

Reuters
Reuters
Ações da China interrompem rali com preocupações sobre segurança de vacinas experimentais
Corretora em Xangai

16 de setembro de 2020 - 07:48 - Atualizado em 16 de setembro de 2020 - 07:50

PEQUIM/XANGAI (Reuters) – As ações da China quebraram uma sequência de três sessões de altas e fecharam em baixa nesta quarta-feira, com os papéis de consumo e saúde liderando as perdas já que especialistas estavam preocupados com a segurança dos medicamentos usados em vacinas experimentais contra o coronavírus no país asiático.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,66%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,36%

O subíndice do setor financeiro recuou 0,23%, enquanto o setor imobiliário subiu 1%.

As ações de saúde e consumo caíram, com o setor de produtos básicos de consumo perdendo 1,81% e o subíndice de saúde cedendo 1,83%.

A China está testando dezenas de milhares de seus cidadãos com vacinas experimentais. Com o objetivo de reduzir a probabilidade de um ressurgimento, as vacinas também estão chamando a atenção na luta global dos governos para garantir o abastecimento da vacina, potencialmente ajudando a reformular o papel da China diante da pandemia.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,09%, a 23.475 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,03%, a 24.725 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,36%, a 3.283 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,66%, a 4.657 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,31%, a 2.435 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,02%, a 12.976 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,78%, a 2.505 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,04%, a 5.956 pontos.

(Por Zhang Yan em Pequim e Andrew Galbraith em Xangai)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8F10S-BASEIMAGE