Economia

Ações da China fecham em máxima de 3 meses com alívio de preocupação sobre inflação

Reuters
Reuters
Ações da China fecham em máxima de 3 meses com alívio de preocupação sobre inflação
Painel eletrônico com índices acionários em Xangai

26 de maio de 2021 - 08:16 - Atualizado em 26 de maio de 2021 - 08:20

XANGAI (Reuters) – O mercado acionário da China registrou o nível mais alto de fechamento em três meses nesta quarta-feira, uma vez que o alívio das preocupações com a inflação e o iuan forte aumentaram o apetite por risco, embora a realização de lucros tenha pressionado empresas agrícolas e de veículos elétricos.

Subindo pela terceira sessão seguida, o índice de Xangai teve alta de 0,34%, a 3.593,36 pontos, nível mais alto de fechamento desde 25 de fevereiro. O CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,04%.

Liderando os ganhos, o índice do setor imobiliário avançou 1,49% e o do setor financeiro ganhou 0,52%.

O setor agrícola e o subíndice que acompanha empresas de veículos a nova energia recuaram 0,6% cada.

O iuan ampliou os ganhos para uma máxima em quase três anos, ajudando a aliviar a pressão do aumento dos preços das importações, disseram analistas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,31%, a 28.642 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,88%, a 29.166 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,34%, a 3.593 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,04%, a 5.320 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,09%, a 3.168 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,29%, a 16.643 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,72%, a 3.146 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,32%, a 7.092 pontos.((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984)) REUTERS CMO

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4P0OI-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.