Economia

Ações da China fecham em queda com desaceleração da atividade industrial

Reuters
Reuters
Ações da China fecham em queda com desaceleração da atividade industrial
Painel eletrônico com informações acionárias em Xangai

30 de abril de 2021 - 07:53 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 07:55

XANGAI (Reuters) – As ações da China fecharam em queda nesta sexta-feira, encerrando a semana em baixa, uma vez que dados mostraram que o crescimento da atividade industrial do país desacelerou em abril, enquanto as preocupações com o aperto da política monetária e as tensões sino-americanas continuavam pressionando o mercado.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,8%, enquanto o índice de Xangai também teve queda de 0,8%.

Na semana, o CSI300 acumulou queda de 0,2%, enquanto o índice de Xangai teve perda de 0,8%.

A atividade industrial da China cresceu a um ritmo mais lento e ficou abaixo das previsões em abril, uma vez que gargalos na oferta e custos crescentes pesaram sobre a produção, enquanto a demanda no exterior perdeu ímpeto.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,83%, a 28.812 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,97%, a 28.724 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,81%, a 3.446 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,79%, a 5.123 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,83%, a 3.147 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,00%, a 17.566 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,10%, a 3.218 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,80%, a 7.025 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3T0LC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.