Economia

Ações da China fecham em baixa por tensões com os EUA

Reuters
Reuters
Ações da China fecham em baixa por tensões com os EUA
Bolsa de Xangai

22 de abril de 2021 - 07:33 - Atualizado em 22 de abril de 2021 - 07:35

XANGAI (Reuters) – Os mercados acionários da China se enfraqueceram nesta quinta-feira, uma vez que as tensões com os Estados Unidos prejudicaram o sentimento, compensando uma série de balanços corporativos positivos no primeiro trimestre.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,19%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,23%.

Uma ação bipartidária do Congresso dos EUA para combater a China ganhou força na quarta-feira, quando um comitê do Senado deu seu apoio a um projeto de lei que pressiona Pequim em questões de direitos humanos e competição econômica, e outros parlamentares introduziram uma medida que busca bilhões para pesquisa em tecnologia.

Preocupações sobre liquidez também pressionaram o mercado.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,38%, a 29.188 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,47%, a 28.755 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,23%, a 3.465 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,19%, a 5.089 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,18%, a 3.177 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,61%, a 17.096 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,04%, a 3.187 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,83%, a 7.055 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3L0J6-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.