Economia

Ações da China caem pressionadas por ações de consumo

Reuters
Reuters
Ações da China caem pressionadas por ações de consumo
Bolsa de valores de Xangai, China

7 de abril de 2021 - 15:11 - Atualizado em 7 de abril de 2021 - 15:15

XANGAI (Reuters) – Os principais índices acionários da China recuaram nesta quarta-feira com as empresas de consumo pressionando o mercado, uma vez que os investidores continuam preocupados de que dados econômicos fortes podem levar a um possível aperto da política monetária.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,71%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,1%.

O setor de consumo do CSI300 teve queda de 3,01% depois de avançar quase 6,5% na semana passada. O subíndice do setor financeiro perdeu 0,39% e o de saúde teve queda de 0,29%.

“Não podemos descartar a possibilidade de que as autoridades podem agir já no final deste ano para apertar a política monetária, potencialmente provocando efeitos tanto na economia real quanto nos mercados financeiros”, disse Christina Zhu, economista da Moody’s Analytics.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,12%, a 29.730 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,91%, a 28.674 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,10%, a 3.479 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,71%, a 5.103 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,33%, a 3.137 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,45%, a 16.815 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,37%, a 3.195 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,61%, a 6.928 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH361GF-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.