Economia

AB InBev decepciona em lucro, mas agrada em receita e Ebitda

Estadão
Estadão Conteúdo

30 de julho de 2020 - 09:16 - Atualizado em 30 de julho de 2020 - 09:30

A Anheuser-Busch InBev (AB InBev), maior cervejaria do mundo, divulgou nesta quinta-feira que obteve lucro líquido de US$ 351 milhões no segundo trimestre de 2020, representando uma fração do ganho de US$ 2,48 bilhões apurado em igual período do ano passado, diante dos efeitos adversos da pandemia do novo coronavírus. Analistas consultados pela FactSet previam lucro maior entre abril e junho, de US$ 1,14 bilhão.

Já a receita da AB InBev, controladora da AmBev no Brasil, totalizou US$ 10,29 bilhões no último trimestre, caindo ante US$ 13,6 bilhões no mesmo intervalo de 2019, mas superou o consenso da FactSet, de US$ 9,57 bilhões.

Além disso, o Ebitda normalizado, que somou US$ 3,41 bilhões, também ficou acima da expectativa de analistas, de US$ 3,15 bilhões. Por volta das 6h55 (de Brasília), a ação da AB InBev saltava 5% na Bolsa de Bruxelas. (Com informações da Dow Jones Newswires).