Notícias

‘Economia brasileira está reagindo a aparelhamento e corrupção’, diz Bolsonaro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 24 de setembro de 2019 - 00:00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta terça-feira, 24, que a economia brasileira começa a reagir depois de anos de “aparelhamento e corrupção generalizada”. “Concessões e privatizações já se fazem presentes hoje no Brasil”, acrescentou, pontuando que o País está abrindo a economia e se integrando às cadeias globais de valor. As afirmações foram feitas em discurso de abertura da 74ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

Segundo ele, o Brasil está pronto para iniciar o processo de adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento ou Econômico (OCDE). “Adotamos práticas elevadas, desde regulação financeira até proteção ambiental”, citou, em referência aos critérios para ingressar na organização. O presidente disse que “não pode haver liberdade política sem que haja liberdade econômica” e defendeu o livre mercado.

Bolsonaro ainda mencionou, como conquistas de seu governo, o Tratado de Livre Comércio entre Mercosul e União Europeia, assinado em junho passado, e o acordo comercial entre o bloco sul-americano e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), formada por quatro países europeus (Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein), firmado em agosto. “Pretendemos seguir adiante com outros acordos nos próximos meses”, prometeu Bolsonaro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.