Economia

É preciso evitar que postos aproveitem para aumentar combustíveis, diz ANP

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

17 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 17 de setembro de 2019 - 00:00

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, afirmou ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que “não há motivos para preocupação com abastecimento, muito menos para aumentos de preços”, ao ser questionado se a notícia de alta do petróleo no mercado internacional pode servir de pretexto para alguns donos de postos cobrarem mais pelos combustíveis.

Segundo o diretor-geral da ANP, é possível, sim, que isso aconteça e que é papel da agência reguladora e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) evitar. “Os preços dos combustíveis são livres, por lei, em todas as etapas da cadeia: produção, distribuição e revenda”, disse Oddone, acrescentando que, quando a ANP identifica preços abusivos ou indícios de cartel, elabora estudos de concentração econômica e vai a campo para constatar se os preços estão, de fato, abusivos.