Notícias

Dudu apresenta imagens e volta a negar agressão à ex-esposa

Estadão
Estadão Conteúdo

23 de junho de 2020 - 22:05 - Atualizado em 23 de junho de 2020 - 22:05

O atacante Dudu, do Palmeiras, foi acusado pela ex-mulher de violência doméstica e lesão corporal nesta terça-feira. Após a denúncia, o jogador compareceu voluntariamente ao 87º Distrito Policial de São Paulo, em Pirituba, para prestar esclarecimentos e negar as agressões. Em sua defesa, ele exibe imagens da confusão. Os advogados da ex-esposa dizem que os vídeos estão incompletos.

“Fiquei sabendo hoje pela manhã que ela estava me acusando, liguei para o meu advogado, a gente veio até a delegacia por vontade própria. Apresentei minha versão do que aconteceu, a delegada escutou, o escrivão escutou”, disse Dudu na saída da delegacia. “A gente já esclareceu para a polícia, vamos mostrar com as imagens. Não teve agressão”, completou.

O Estadão teve acesso as imagens apresentadas pela defesa do jogador. Os vídeos exibem a parte externa do condomínio onde aconteceu a confusão entre o atleta e Mallu Ohana, no bairro da Casa Verde, em São Paulo, na última segunda-feira.

Em uma das imagens eles aparecem caminhando na entrada no condomínio. O jogador está com um celular e Mallu tenta retirar o aparelho das mãos do atleta. Pouco tempo depois, Dudu senta em uma mureta e chega um carro para buscá-lo. Quando ele tenta entrar no veículo, sua ex-mulher o empurra. Depois, não é possível saber o que aconteceu.

A defesa de Mallu afirma que os vídeos apresentados por Dudu estão incompletos e “não retratam a realidade”. “Nas investigações serão solicitaras todas as imagens, portanto, no momento oportuno os mesmo serão apresentados, com as imagens completas”, afirma nota assinada por Gentili & Sobreira Advogados Associados.

ENTENDA O CASO – Mallu Ohanna Neves Rodrigues, de 29 anos, registrou Boletim de Ocorrência no bairro da Casa Verde, em São Paulo, acusando Dudu de agressão. Em seu relato, a mulher afirma que o jogador do Palmeiras desferiu socos em sua cabeça e na região do peito, além de puxões de cabelo.

A vítima também relatou às autoridades que a confusão aconteceu na garagem do imóvel em que ela mora e, quando conseguiu se afastar de Dudu, a discussão continuou por mais algum tempo, até funcionários da família conterem a briga.

Mallu foi até o Hospital Albert Einstein após a confusão e realizou uma tomografia. O exame não constatou nenhuma alteração. Ela ainda deve ser chamada para a realização de exames no Instituto Médico Legal (IML) para a constatação de lesões corporais.

O casal têm dois filhos e se separou há cinco meses. Os dois ficaram juntos por cerca de 11 anos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.