Notícias

Drone dos bombeiros atua em resgate de surfista em Florianópolis

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de abril de 2017 - 00:00 - Atualizado em 25 de abril de 2017 - 00:00

Entre o voo para localização do surfista e seu resgate, o equipamento percorreu cerca de 15 quilômetros. (Foto: Divulgação / CBMSC)

O drone localizou o surfista que estava se afogando a 4 quilômetros da orla da Praia Mole, em Florianópolis

Um surfista de 30 anos foi resgatado com a ajuda de um drone após ser levado por uma forte correnteza na Praia Mole, em Florianópolis, nesta segunda-feira (24).

Os bombeiros decidiram utilizar o drone depois que os socorristas perderam o surfista de vista, já que as ondas estavam muito fortes. Com o equipamento foi possível ver a localização exata da vítima, o que agilizou o resgate.

Cerca de 10 minutos depois de iniciar o primeiro voo, o drone começou a enviar as primeiras imagens do homem. Ele já estava a mais de 4 quilômetros da praia, na região da Ilha do Xavier. De tanto insistir em tentar remar de volta, ele aparentava sinais claros de extrema exaustão.

Entre o voo para localização do surfista e seu resgate, o equipamento percorreu cerca de 15 quilômetros.  Para o 2° tenente BM Pedro Reis o equipamento já pagou seu investimento de aquisição. “Com menos de um ano de uso, o drone já foi empregado em diversas situações. Mas, nesta em específico, conseguimos rapidamente localizar a vítima ainda com vida e monitorar todo o seu resgate,” explica.

Quando foi retirado da água pelos Bombeiros, o surfista estava com muito frio. ele recebeu atendimento médico e passa bem.

Leia também

Carro cai dentro de lago em parque de Guarapuava (PR)