Direto do Grupo RIC

Vinícius Buganza estreia à frente do Cidade Alerta Londrina e fala sobre nova fase do programa

Conforme o apresentador, entre as mudanças, estão uma preocupação maior em fazer com que o jornalismo cumpra sua função social e a produção de matérias mais elaboradas e explicativas 

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Vinícius Buganza estreia à frente do Cidade Alerta Londrina e fala sobre nova fase do programa

1 de março de 2021 - 09:00 - Atualizado em 1 de março de 2021 - 09:02

Nesta segunda-feira (1º), a estreia de Vinícius Buganza como novo apresentador do Cidade Alerta Londrina, da RIC Record TV, abre o início de uma série de mudanças e reformulações no programa que já é um sucesso na região norte do Paraná.

O jornalista explica que o novo slogan do programa – Cidade Alerta Londrina: A série da vida real – traduz o que vem por aí. “É uma mudança na formatação completa do programa. No sentido de trazer não só o que acontece, mas um olhar diferente para aquilo que acontece. Contando mais histórias, indo mais a fundo, se aprofundando, humanizando mais, vendo o que tem por trás e cobrando investigação das autoridades”. 

“São histórias mais longas, mais bem contadas, mais investigadas, com mais depoimentos, com especialistas falando sobre o assunto. Tudo isso para ter mais propriedade ao apresentar as reportagens para o telespectador”, diz o apresentador. 

Buganza ressalta que o programa irá mais do que nunca cumprir sua função social, representando a sociedade e correndo atrás de respostas para os anseios de quem confia ao jornalismo do Cidade Alerta Londrina suas histórias. 

“A gente precisa fazer diferença, não basta só contar o que aconteceu. O jornalismo policial precisa assumir sua função social que é representar uma parcela da sociedade que muitas vezes não tem voz e não tem recursos para cobrar por justiça. Quem não sabe o que é o verdadeiro jornalismo policial só explora as tragédias, mas a gente vai cumprir nosso papel. Esse é o pilar do programa”, destaca.  

O apresentador, que trabalhou como repórter por vários anos na RIC Record TV, explica que sua paixão pelas ruas não diminuiu, por isso, ele não ficará apenas no estúdio e irá até a notícia para cobrir casos especiais. 

“A ideia é estar na rua quando tiver esses casos mais fortes, por exemplo, a gente tem uma matéria sobre uma mulher que morreu atropelada há dois anos. O motorista que atropelou ela estava alcoolizado, em alta velocidade, na contramão, fugiu e levou o carro na oficina para arrumar. Ela tinha três filhos e morreu na hora. Sabe o que aconteceu com o condutor? Nada, está solto. É aqui que o jornalismo policial precisa atuar. É nossa missão ouvir essa família que não tem voz para cobrar respostas, é nossa função perguntar para as autoridades por que nada foi feito. Eu faço questão de falar com todos o envolvidos e mostrar no programa como tudo aconteceu”, 

O Cidade Alerta Londrina vai ao ar de segunda a sexta das 6h20 às 7h20. Não perca! 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.