Balanço Geral Curitiba

Diário do medo: mulher assassinada pelo ex escrevia sobre ameaças

Mulher enviou áudio para amiga avisando que ex ameaçou-a de morte

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:35

“Se ele fizer qualquer coisa contra mim, tá todo mundo alertado e vai chamar a polícia para ele. Não sei o que ele está planejando”, esta mensagem foi enviada por Elisete Menin Arnold no dia que conseguiu a medida protetiva contra o ex-companheiro. Entretanto, o registro não foi suficiente e no dia 20 de setembro a enfermeira foi morta no portão da casa da filha.

Nesta semana, um diário, escrito pela vítima, foi encontrado. Nas páginas do caderno, Elisete conta o sofrimento que passava com o ex-companheiro. As anotações eram feitas durante os plantões que a mulher fazia na Unidade de Saúde e era uma maneira de aliviar as dores que sentia.

“Me arrependo por tudo”, escreve vítima

O relacionamento de Elisete e o ex-companheiro, e principal suspeito pelo crime, durou quatro anos, porém, segunda a família, há dois eles já estavam passando pelo processo de separação. Insatisfeito, o homem não aceitava o término e agia de maneira agressiva contra a enfermeira. 

“Ele era agressivo, ele batia nela, ela vivia roxa. Ela tinha hematomas roxo, ele xingava ela de vários palavrões, era uma pessoa agressiva. Até com um pau ele correu atrás dela”, conta uma testemunha próxima a vítima que não quis se identificar.

Nas páginas do diário, muitas histórias tristes. Relatos de agressão, de tentativas de espancamento, ameaças com objetos e muita tristeza de Elisete. Em um trecho a mulher relata que chegou a se afastar de familiares e amigos para oferecer o melhor para ele, porém, se arrepende de tudo.

O delegado que acompanha o caso relatou que o homem já possuía medidas protetivas contra outras ex-companheiras. 

Confira mais informações sobre o diário da vítima:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.