Notícias

Chuva Paraná: 10 cidades sofrem com o estragos provocados por temporais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Chuva Paraná: 10 cidades sofrem com o estragos provocados por temporais
Chuva deve atingir várias regiões do estado do Paraná nesta quarta e quinta-feira (FOTO: ILUSTRAÇÃO/ PIXABAY)

30 de maio de 2019 - 00:00 - Atualizado em 30 de maio de 2019 - 00:00

O temporal que atingiu Curitiba e região metropolitana na madrugada e início da desta quinta-feira (30) também provocou estragos em outros 10 municípios de todo o Paraná, segundo a Defesa Civil. (Veja lista abaixo)

Chuvas Paraná

Pelo menos 7.168 foram afetadas pelas chuvas no Paraná e 1.760 casas foram danificadas. Doze pessoas ficaram desalojadas enquanto duas ficaram feridas e um bebê de oito meses morreu em Guarapuava após a parede do quarto em que dormia desabar e a criança ser arrastada pela enxurrada. Uma mulher também morreu ao colidir seu veículo contra uma estrutura de concreto na Avenida das Torres, em Curitiba, no momento do acidente chovia muito e a visibilidade era baixa. 

LEIA TAMBÉM: Bebê morre afogado depois de ser levado por enxurrada em Guarapuava

Veja todas as cidades atingidas pelas chuvas no Paraná

Chuva Curitiba

Até as 10h desta quinta-feira (30), a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Curitiba recebeu 125 pedidos de lona por conta de destelhamentos em casas. Os bairros mais atingidos foram o Boqueirão, Boa Vista e Portão.

Um motorista perdeu o controle do veículo e caiu no lago do Parque Tingui durante a chuva em Curitiba.

Um motorista perdeu o controle do veículo e caiu no lago do Parque Tingui durante a chuva em Curitiba. (Foto: Reprodução/RICTV)

Também foram registrados 118 pedidos feitos para retirada de galhos caídos pela cidade. Os bairros afetados foram o Uberaba, Jardim das Américas, Santa Quitéria, Mercês, Hauer, Água Verde, Bigorrilho, Cajuru e Boa Vista.

Galhos de árvores caíram sobre os carros ao lado do Passeio Público durante o temporal na capital.

Galhos de árvores caíram sobre os carros ao lado do Passeio Público durante o temporal na capital. (Foto: Reprodução/RICTV)

Casas foram invadidas pelo granizo durante a chuva em Curitiba e região metropolitana.

Casas foram invadidas pelo granizo durante a chuva em Curitiba e região metropolitana. (Foto: Reprodução/RICTV)

Uma cama elástica voou e ficou presa nos fios elétricos.

Uma cama elástica voou e ficou presa nos fios elétricos. (Foto: Colaboração/Danilo Rodrigues Isabel)

Educação

Duas escolas da rede municipal de ensino tiveram que suspender o atendimento em razão dos transtornos causados pelo temporal em Curitiba. As aulas foram suspensas nas escolas Michel Khury e Rachel Mader Gonçalves, ambas na Regional Cajuru.

Trânsito

A Superintendência de Trânsito (Setran) está com 80 agentes nas ruas de Curitiba, desde 6 horas da manhã, orientando o trânsito em pontos onde houve queda de árvores ou locais com semáforos desligados por causa da falta de energia elétrica.

No início da manhã, logo após às 6 horas, aproximadamente 100 semáforos estavam desligados. Por volta das 10 horas, eram 40. Curitiba tem cerca de 1.200 semáforos e 60% deles estão ligados ao Centro de Controle Operacional (CCO). Nesses casos, o desligamento é detectado imediatamente pelas equipes.

De acordo com o Simepar, as rajadas de vento chegaram atingir 80,6 km/h. Desde a madrugada até a manhã desta quinta foram registrados 21,6 milímetros de chuva. Em algumas regiões da cidade também caiu granizo.

Água

De acordo com a Sanepar, 20 bairros de Curitiba ficaram sem água: Cajuru, Guabirotuba, Jardim das Américas, Uberaba, Fazendinha, Portão, Santa Quitéria, Vila Izabel, Seminário, Água Verde, Novo Mundo, Capão Raso, Boqueirão, CIC, Fanny, Guaira, Hauer, Lindoia, Pinheirinho e Xaxim. O abastecimento só deve voltar ao normal na madrugada de sexta-feira (31)

Luz

No total, foram afetadas alternadamente 90.449 unidades consumidoras. Por volta das 13h,  13.226 imóveis ainda estavam sem energia em Curitiba, segundo a Copel. As regiões mais afetadas fora: Portão , Fazendinha, Santa Quitéria, Novo Mundo, Bom Retiro, Cabral, Boa vista, Hauer, Batel e centro.

Já na região metropolitana, a situação é a seguinte: São José dos Pinhais: 329 unidades sem energia, Piraquara: 1.732 unidades sem energia, Quatro Barras: apenas cinco unidades consumidoras sem energia.

Chuva Antonina com granizo

  • Pessoas afetadas 120
  • Casas danificadas 30

Chuva Colombo com granizo

  • Pessoas afetadas 120
  • Casas danificadas 30
Agentes da Defesa Civil ajudam moradores e colocar lonas nas casas.

Agentes da Defesa Civil ajudam moradores e colocar lonas nas casas. (Foto: Reprodução/RICTV)

Chuva Guarapuava com enxurradas

  • Pessoas afetadas 200
  • Pessoas desalojadas 12
  • Pessoas feridas  2
  • Pessoas mortas 1
  • Casas danificadas 18
Chuva Pinhais com Granizo
  • Pessoas afetadas 1.600
  • Casas danificadas 400
Chuva Piraquara com granizo
  • Pessoas afetadas 1.088
  • Casas danificadas 272
Um morador de Piraquara acordou com veículo destruído.

Um morador de Piraquara acordou com veículo destruído. (Foto: Colaboração/Eliezer)

 

Chuva Quatro Barras com granizo
  • Pessoas afetadas 1.200
  • Casas danificadas 300
Chuva Rio Branco do Sul com granizo
  • Pessoas afetadas 2.000
  • Casas danificadas 500
No início da manhã era possível encontrar granizo pelas ruas da cidade.

No início da manhã era possível encontrar granizo pelas ruas da cidade. (Foto: Reprodução/RICTV)

Em Rio Branco do Sul choveu granizo.

Em Rio Branco do Sul choveu granizo. (Foto: Reprodução/RICTV)

LEIA TAMBÉM: Chuva em Rio Branco do Sul: ‘nunca senti tanto medo na minha vida’, diz moradora

Chuva São José dos Pinhais com granizo
  • Pessoas afetadas 800
  • Casas danificadas 200
Chuva União da Vitória com inundações
  • Pessoas afetadas 40
  • Casas danificadas 10