Caroline
Caroline Berticelli / Editora

14 de agosto de 2019 - 00:00

Atualizado em 14 de agosto de 2019 - 00:00

Notícias

Detector de metais em escolas de Curitiba é aprovado por CCJ

O uso de detectores de metais em escolas de Curitiba assim como a instalação de catracas eletrônicas foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça

Detector de metais em escolas de Curitiba é aprovado por CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) acatou, em reunião nesta terça-feira (13), projeto de lei de Ezequias Barros (Patriota) que autoriza a instalação de catracas eletrônicas e detectores de metais nos acessos a todos os estabelecimentos de ensino da rede pública municipal de Curitiba (005.00052.2019 com substitutivo geral 031.00040.2019). Segundo o texto, qualquer pessoa que ingressar na escola estará sujeita à inspeção visual de seus pertences quando identificada alguma irregularidade ou autuado pelos responsáveis daquele estabelecimento de ensino.

Segundo o vereador, a medida é necessária diante da onda de violência em estabelecimentos de ensino “onde os professores, funcionários e os próprios alunos são agredidos com instrumentos de ataque como facas e até armas de fogo”. Caso a medida seja aprovada pela Câmara e sancionada pelo prefeito, entra em vigor em 180 dias após a data de sua publicação no Diário Oficial do Município. A comissão considerou a medida importante para a garantia da segurança de quem frequenta o ambiente escolar, mas salientou que a proposição não especifica qual seria a fonte de custeio para a aplicação da medida.