Notícias

Depois de madrugadas violentas, segurança do Carnaval será reforçada em Curitiba

Nas últimas madrugadas, dezenas de lojas foram vandalizadas no Centro de Curitiba. Centenas de vândalos quebraram vitrines, roubaram lojas e picharam muros

Gabriel
Gabriel Azevedo reportagem RIC Record TV, Curitiba
Depois de madrugadas violentas, segurança do Carnaval será reforçada em Curitiba
(Foto: Reprodução)

24 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2020 - 00:00

A Guarda Municipal de Curitiba e a Polícia Militar do Paraná vão reforçar a segurança nesta segunda-feira (24), no Centro de Curitiba. A decisão foi tomada depois de duas noites de confusão, violência e saques na região do Largo da Ordem. Nenhuma das forças divulgou qual será o efetivo empregado.

Nas últimas madrugadas, dezenas de lojas foram vandalizadas na capital paranaense. Centenas de vândalos quebraram vitrines, roubaram lojas e picharam muros. Na madrugada de domingo (22), nem a tradicional Feira de Artesanato do Largo da Ordem foi poupada. Vários feirantes tiveram prejuízos com barracas destruídas.

O confronto com a Guarda Municipal se repetiu nas duas madrugadas. Vândalos e guardas entraram em confronto. Balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio foram usadas para tentar conter a violência. No domingo, um guarda municipal foi ferido com uma garrafa.

Em uma loja de departamentos da Rua XV de Novembro, o prejuízo chegou a R$ 30 mil. Relógios, celulares e aparelhos eletrônicos foram roubados.

A Prefeitura de Curitiba disse que vai repassar as imagens das confusões para Polícia Civil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.