Lucas
Lucas Sarzi

30 de março de 2020 - 00:00

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:49

Brasil

Depois de doação milionária, Magazine Luiza dobra valor do auxílio-creche para funcionários fora do home office

Depois de doação milionária, Magazine Luiza dobra valor do auxílio-creche para funcionários fora do home office
Foto: Divulgação.

Depois de anunciar uma doação de R$ 10 milhões ao combate do novo coronavírus, a rede de lojas Magazine Luiza foi além: as famílias Trajano e Garcia decidiram dobrar o valor do chamado “cheque-mãe”, o auxílio-creche da empresa, para funcionárias que não estejam trabalhando em casa, no home office. São aproximadamente 5.500 mulheres beneficiadas.

Segundo o Magazine Luiza, a decisão foi tomada para ajudar as funcionárias que não puderem ficar em casa. Conforme avaliação da empresa, as profissionais já estão sofrendo com o fechamento das escolas e creches por conta da pandemia de coronavírus, por isso a ajuda.

A ideia é de que o benefício, que hoje entrega às funcionárias R$ 250, passe para R$ 500. A intenção da empresa é permitir que as mulheres consigam contratar alguém para cuidar dos filhos no período em que estão trabalhando, já que as crianças não estão indo para a escola.

Doação milionária

O anúncio da doação de R$ 10 milhões foi feito na sexta-feira (27) e chamou a atenção nas redes sociais. O dinheiro vai ser destinado a compra de equipamentos (como respiradores artificiais, leitos, colchões) e outros itens para o tratamento das vítimas da pandemia de coronavírus.

Além da doação para o setor de saúde, o Magazine Luiza também doou, até o momento, 4 mil colchões e travesseiros para os governos estaduais do Pará e da Bahia. Estas doações foram feitas para equipar abrigos para moradores de rua e para outras populações socialmente vulneráveis que estejam com sintomas do vírus.