Notícias

Custo trabalhista nos EUA tem forte revisão de alta no 3º tri

Reuters
Reuters
Custo trabalhista nos EUA tem forte revisão de alta no 3º tri
Trabalhadora prepara produtos para transporte em centro de distribuição da Amazon em Robbinsville, EUA

7 de dezembro de 2021 - 12:19 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 12:20

WASHINGTON (Reuters) – Os custos trabalhistas unitários dos Estados Unidos aumentaram mais do que se pensava inicialmente no terceiro trimestre, sugerindo que a inflação pode permanecer alta por um tempo.

O Departamento do Trabalho informou nesta terça-feira que os custos unitários do trabalho –o preço do trabalho por unidade de produção– aceleraram a uma taxa anualizada de 9,6% no último trimestre, acima da taxa de 8,3% divulgada em novembro.

Os custos com mão de obra subiram 5,9% no trimestre de abril a junho, aumentando a uma taxa de 6,3% em comparação com um ano atrás, em vez da taxa de 4,8% relatada anteriormente.

Economistas ouvidos pela Reuters previam que os custos unitários do trabalho subiriam a um ritmo não revisado de 8,3%.

A escassez relacionada à pandemia, em meio a cadeias de suprimentos problemáticas, elevou a inflação bem acima da meta de 2% do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA). Os salários também estão em alta, com as empresas lutando para encontrar trabalhadores.

A remuneração por hora aumentou a uma taxa de 3,9% no terceiro trimestre, em vez da taxa de 2,9%, conforme relatado anteriormente.

(Por Lucia Mutikani)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB60TH-BASEIMAGE