Coronavírus

Curitiba ainda não registrou mortes pelo coronavírus; Prefeitura diz que não mascara números

Lucas
Lucas Sarzi
Curitiba ainda não registrou mortes pelo coronavírus; Prefeitura diz que não mascara números
Foto: Cláudio Furlan / Estadão Conteúdo

3 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:49

O Paraná confirmou, nesta quinta-feira (2), a quarta morte pelo novo coronavírus. Até agora, porém, todas as mortes foram fora de Curitiba, a capital, o que levou muita gente a desconfiar de que os casos na cidade estariam sendo mascarados ou não notificados. A prefeitura nega que isso esteja acontecendo. Por enquanto, são sete mortes esperando resultados de exames.

Segundo a nota divulgada pela prefeitura de Curitiba, todos os pacientes internados nos hospitais com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), nas redes pública e privada de Saúde, fazem exames para detectar quais são os vírus e bactérias que estão causando o agravamento do quadro. Estes casos podem ser, por exemplo, influenza A e B, vírus sincicial respiratório, adenovírus, hantavírus, pneumococos, leptospirose, entre outros.

Com a pandemia do novo coronavírus, este monitoramento continua a ser realizado, mas agora com a inclusão também da verificação da nova doença provocada pelo coronavírus, a covid-19. “Desta forma, todos os pacientes internados com situações respiratórias graves são testados para covid-19 em Curitiba. Assim, todos os pacientes internados que, eventualmente, vierem a óbito causado por SRAG também são testados para covid-19“, explica a nota.

Conforme os dados da prefeitura de Curitiba, desde o início da confirmação de casos na capital paranaense, no dia 9 de março, foram registrados 32 óbitos por SRAG. Destes casos relatados, 25 tiveram resultado negativo para covid-19 e 7 aguardam a conclusão dos exames, processo que pode demorar alguns dias.

Coronavírus no Paraná

O boletim desta quinta-feira registrou 29 novos casos confirmados em 17 municípios. Os pacientes são 17 homens e 12 mulheres com idades entre 23 e 90 anos. O Estado soma 258 casos confirmados – destes, quatro óbitos e seis não residem no Paraná –, 3.848 descartados, 638 em investigação.

De todos os casos confirmados, seis têm idades de 0 e 20 anos; 100 de 21 a 40; 89 de 41 a 60; 54 de 61 a 80; seis de 0 a 20 e quatro não foram informados. A maioria dos pacientes são homens (135).

município com o maior número de confirmações é Curitiba (99), seguido por Londrina (27), Cascavel e Maringá (13 cada). Três casos já confirmados em Curitiba foram transferidos para os municípios de Paranaguá, Ponta Grossa e São Paulo. De acordo com as investigações das secretarias municipais, os pacientes não residem na capital. Para conferir os números de cada cidade clique aqui.