Curiosidades

Mulher luta para provar que está viva e conseguir tratamento de saúde

A mulher precisa fazer um tratamento de saúde, mas não consegue porque, para as autoridades, ela está morta. Entenda!

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Mulher luta para provar que está viva e conseguir tratamento de saúde
Foto: Reprodução/RIC Record TV.

11 de agosto de 2020 - 13:45 - Atualizado em 13 de agosto de 2020 - 13:43

Adriana de Jesus Ferreira é moradora de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e está viva. Bem viva. Mas está passando por um problema que nem ela imaginou um dia que passaria: precisa provar que não morreu. Isso porque descobriu que existe uma certidão de óbito em seu nome.

Adriana descobriu que “estava morta” no dia que foi dar entrada no auxílio emergencial. Na Caixa, ela foi informada de que havia uma certidão de óbito em seu nome, inclusive com os dados de seus pais.

Apesar de ter problemas graves de saúde, Adriana está viva e tem passado por dificuldade. Por causa da doença que enfrenta, não tem nem como se manter e agora, além de tudo isso, ainda tem que provar que está viva para conseguir cuidar da própria saúde

Errata:

No vídeo acima houve a errônea atribuição da presidente da entidade representativa dos Cartórios de Registro Civil, Elizabete Regina Vedovatto, como sendo do Instituto de Identificação do Paraná.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.