Curiosidades

Funcionário de cafeteria se nega a atender mulher sem máscara e ganha R$ 300 mil em doações

Lucas
Lucas Sarzi
Funcionário de cafeteria se nega a atender mulher sem máscara e ganha R$ 300 mil em doações
Foto: Reprodução/GoFundMe.

27 de junho de 2020 - 21:11 - Atualizado em 27 de junho de 2020 - 21:11

Se uma pessoa desrespeitasse a ordem de usar máscara ao sair de casa, o que você faria? Pois um funcionário da rede Starbucks, nos Estados Unidos, acabou ficando famoso no mundo todo. Ele se recusou a atender uma mulher, que estava sem máscara e fez um post reclamando do rapaz, e a internet se mobilizou a favor do atendente.

A situação aconteceu nesta semana. O barista Lenin Gutierrez se recusou a atender a mulher, pois ela estava sem máscara e, em San Diego, onde o fato aconteceu, é obrigatório o uso.

A mulher, revoltada, postou uma foto do barista reclamando que ela não foi atendida, mas o tiro saiu pela culatra. Os usuários da internet, ao verem o texto, se revoltaram com a atitude da mulher e resolveram fazer uma vaquinha online para ajudar o rapaz.

Ao todo, foram arrecadados mais de US$ 60 mil, o equivalente a R$ 300 mil. O dinheiro vai ser doado ao rapaz, que prometeu investir no sonho de seguir carreira como professor de dança.

Em nota, a Starbucks disse querer que todos os clientes se sintam bem-vindos. “Nós respeitosamente pedimos que os clientes respeitem os protocolos de distanciamento social, incluindo o uso de máscaras nas lojas“.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.