Notícias

Criminosos usam fardas da polícia para assaltar vítimas na PR-317, no interior do Paraná

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem da RIC Record TV, Maringá
Criminosos usam fardas da polícia para assaltar vítimas na PR-317, no interior do Paraná
Foto: Reprodução/Google Street Views

7 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:46

Ocupantes de pelo menos três veículos foram vítimas de criminosos fardados como policiais civis na PR-317, em Santo Inácio, no noroeste do Paraná, durante a noite desta quinta-feira (6). 

As vítimas procuraram a delegacia de Colorado, cidade vizinha, para registrar uma espécie de arrastão que ocorreu na rodovia. Segundo seus relatos, tudo começou quando o carro usado pelos bandidos passou a perseguir um dos veículo. Assustado, o motorista parou na rodovia e tanto ele como os passageiros acabaram rendidos por três homens que usavam coletes similares aos de policiais civis e portavam uma arma de cano longo e duas pistolas. 

“A sala de Colorado passou para nós que teria ocorrido um roubo na PR-317, na altura de Santo Inácio. Eles foram abordados por um Fusion, as pessoas de dentro desse Fusion acabaram efetuando vários disparos de arma de fogo e levaram  R$ 15 mil em mercadorias e R$ 5 mil em dinheiro”, explica Heitor Cabral, tenente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). 

Depois de roubar todos os pertences dos ocupantes, ele se posicionaram na PR e passaram a atirar contra os carros que vinham na sequência. Assim, conforme os veículos foram parando, eles realizaram os outros assaltos. 

Ainda conforme o tenente, é importante que os motoristas lembrem que a Polícia Civil não realizar abordagens me rodovias

“É uma situação para as pessoas prestarem muita atenção. O que a gente pode passar de informação é até um cuidado pros cidadãos mesmo é que a Polícia Civil não costuma fazer abordagens ostensivas. Então, normalmente, quando eles vão fazer abordagens, eles pedem o apoio da Polícia Militar porque vai estar com a viatura caracterizada”, finaliza o tenente. 

A Polícia Militar acredita que mais vítimas tenham sido feitas, mas que nem todas registraram um B.O. 

O caso é investigado pela Polícia Civil. 

Bandidos com farda da PM

No início da semana, a Polícia Militar de Umuarama, no norte do estado, encontrou quatro vestimentas da PM do Paraná na residência de um homem suspeito de praticar roubos. No local também foram localizados vários produtos de origem não identificada e que acredita-se serem oriundos de roubos, furtos e assaltos. 

Segundo a investigação, dois criminosos vinham usando as fardas para praticar vários roubos “Pela o que nós temos de informação até agora, eles estavam se passando por policiais militares”, explica o aspirante Schnaider.