Notícias

Homem invade casa da ex, dispara contra a mulher e mata o ex-marido dela, em Matinhos

Suspeito era morador de São José dos Pinhais e foi preso quando voltava para casa

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do repórter Nader Khalil, da RIC Record TV Curitiba
Homem invade casa da ex, dispara contra a mulher e mata o ex-marido dela, em Matinhos
(FOTO: DIVULGAÇÃO/ PRF)

22 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:45

Um homem, de 53 anos, foi preso na madrugada desta quarta-feira (22) após confessar um crime brutal na cidade de Matinhos, no litoral do Paraná. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que realizou a prisão do suspeito, o homem pretendia voltar para casa em São José dos Pinhais e estava portando um revólver e 14 munições. Após invadir a casa da ex, Giovani baleou a mulher e matou o ex-marido dela.

Após ser baleado, o ex-marido da mulher até chegou a ser atendido por uma equipe de socorro, entretanto, Adenilson Rocha não resistiu e morreu no hospital. Já a mulher, Rosângela Alves, permanece internada.

O suspeito foi preso no KM 59, da BR-277, na Região Metropolitana de Curitiba. O carro foi abordado pelos agentes após testemunhas informarem características do veículo do homem que cometeu o crime.

Homem mata ex-marido da ex-companheira

Por volta das 2h00 desta quarta-feira (22), Giovani foi até o Balneário de Saint Etienne, em Matinhos, e bateu na porta da casa da ex-companheira. Insatisfeito com o término do relacionamento, há aproximadamente um mês, o homem foi atrás de Rosângela. Quando a mulher viu que era ele, não abriu a porta, porém, o suspeito arrombou a residência.

Dentro da casa estavam Rosângela, o ex-marido Adenilson, a mãe da mulher e os dois filhos de Rosângela – uma de 13 anos e outro de 5. Bastante exaltado, Giovani disparou contra o homem, que estava sentado em um colchão no chão do imóvel. Com ferimentos graves, Adenilson chegou a ser socorrido, mas não resistiu. 

Ainda em posse da arma, segundo a filha mais velha, Giovani chamou Rosângela para a parte externa da casa e após uma discussão, a mulher foi baleada no peito. O suspeito então entrou no veículo e fugiu. A vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital.

Segundo a filha de Rosângela, o suspeito de cometer o crime era bastante violento e tinha ciúmes da mãe. “Espero que ele fique preso pelo resto da vida”, contou a adolescente.

Confira mais informações: