Notícias

Crianças foram poupadas da morte, mas traumatizadas em massacre no Colorado que vitimou 7

Reuters
Reuters

10 de maio de 2021 - 11:09 - Atualizado em 10 de maio de 2021 - 11:09

Por Keith Coffman

COLORADO SPRINGS (Reuters) – Investigadores continuarão a procurar um motivo e possivelmente divulgarão nesta segunda-feira os nomes das vítimas e do atirador de um massacre na noite de domingo em uma casa do Estado norte-americano do Colorado onde um homem matou seis adultos e a si mesmo na presença de crianças.

O atirador, descrito como o namorado de uma das vítimas, entrou em uma festa de aniversário pouco depois da meia-noite de domingo e abriu fogo antes de tirar a própria vida, informou o Departamento de Polícia de Colorado Springs.

A polícia encontrou seis pessoas mortas e uma sétima gravemente ferida que morreu depois de ser levada a um hospital.

“As crianças no trailer não foram feridas pelo suspeito, e agora estão com parentes”, disse o comunicado.

O jornal Denver Post citou uma vizinha, Yenifer Reyes, segundo a qual foi despertada pelo som de disparos e ouviu sirenes antes de ver a polícia tirar crianças da casa e colocá-las em uma viatura.

“Elas estavam chorando histericamente”, disse Reyes ao Post.

A polícia divulgou poucos detalhes sobre as vítimas, dizendo somente que uma era namorada do atirador e a outra a aniversariante. Freddie Marquez, de 33 anos, disse que sua madrasta é uma das vítimas e que ele mesmo esteve na festa, mas saiu dela perto das 22h30.

A polícia disse que as identidades dos mortos serão divulgadas em uma data posterior assim que o legista identificá-las oficialmente. Agentes no local no domingo disseram aos repórteres que nenhuma informação nova seria revelada até segunda-feira.

(Por Keith Coffman em Colorado Springs e Daniel Trotta em Carlsbad, Califórnia)