Agronegócio

Crescimento da produção garante alta de 5% na importação de soja, diz Cofco

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 24 de setembro de 2019 - 00:00

Rio, 24 – A trading estatal chinesa Cofco International estima que o crescimento da produção nacional de soja garantirá a expansão de 5,0% ao ano prevista para 2020, afirmou nesta terça-feira, 24, o diretor da companhia no Brasil, Valmor Schaffer. Nas estimativas da Cofco International, a produção brasileira de soja poderá atingir 122 milhões de toneladas em 2020.

“Outro fenômeno no Brasil, e globalmente, é que há uma forte consolidação. A consolidação, mais um crescimento na produção, dá segurança no nosso crescimento”, afirmou Schaffer, em palestra na abertura do FT Commodities Americas Summit, promovido pelo jornal Financial Times, no Rio.

Segundo o executivo da estatal chinesa, nos últimos 18 meses, o mercado viu tradings saindo do País e outras tentando desinvestir. Embora tenha mencionado a consolidação do setor, Schaffer acredita que será possível atingir a meta de crescer 5,0% ao ano, mesmo sem adquirir nenhuma empresa no Brasil.

Mês passado, o chairman da Cofco International, Jingtao (Johnny) Chi, informou, durante o Congresso Brasileiro do Agronegócio, a meta de crescer as compras de soja brasileira em 5,0% ao ano. Nas estimativas do executivo, em 2022, as compras da Cofco no Brasil devem passar de 60 milhões de toneladas, em diversos produtos.

Na palestra desta terça-feira no Rio, ao ser questionado sobre a sustentabilidade do crescimento da produção de soja no Brasil, Schaffer citou a moratória, exercida pelas tradings globais, sobre as compras de produção oriunda do Bioma Amazônico. Segundo ele, a produção de soja e de milho é atividade que não pode ser feita sem sustentabilidade ambiental.

“Monitoramos as áreas das quais compramos soja no Brasil, e somos monitorados por consultorias”, afirmou Schaffer, que reafirmou a intenção da Cofco de investir em infraestrutura para agricultura no País.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.