Notícias

Correção: No Santos, Jesualdo é o 2º técnico mais velho do mundo em atividade

Estadão
Estadão Conteúdo

25 de junho de 2020 - 19:23 - Atualizado em 25 de junho de 2020 - 19:23

A matéria enviada anteriormente continha uma informação errada sobre Geninho. Ele não é mais técnico do Vitória. Segue a versão corrigida:

O CIES Football Observatory (Centro de Estudo Internacional do Esporte, em inglês) fez um levantamento e constatou que o técnico do Santos, Jesualdo Ferreira, é o segundo treinador mais velho empregado no mundo. Ele só é mais novo que o turco Hamdi Yilmaz, do Keçiörengücü, time da segunda divisão da Turquia. A lista dos 15 mais velhos conta ainda com outro brasileiro: Nelsinho Baptista. A relação também cita Geninho, mas ele deixou recentemente o comando do Vitória.

O estudo fez o levantamento em 79 países e 110 ligas. Jesualdo, com 74 anos, aparece em segundo por uma diferença de apenas quatro meses. O futebol brasileiro tem uma média de 52 anos para os treinadores. A média mundial é de 48,8 anos.

“Este estudo pioneiro sobre as características dos treinadores de clubes de futebol profissional em todo o mundo mostra que o perfil típico de um treinador é um homem com menos de 50 anos de idade (48,8), responsável por menos de um ano de trabalho (301 dias) e na maior parte das vezes nascido do país do clube treinado (7 de 10 casos)”, diz uma parte do levantamento.

O estudo ainda mostra que o Campeonato Turco da segunda divisão é o que tem treinadores mais velhos, com média de 54,92 anos. O Brasil aparece com o Brasileirão na 13ª posição, com 52,01 anos de média. A Série B tem 47,41 anos de média entre os treinadores. Além disso, o trabalho revela que 64,3% dos treinadores pelo mundo são ex-jogadores e 35% jogavam como defensores.

Confira a lista dos técnicos mais velhos (com clube, competição e idade):

Hamdi Yilmaz – Keçiörengücü (TUR/2) – 74,47
Jesualdo Ferreira – Santos (BRA) – 74,07
Ivan Karaula – Cibalia (CRO/2) – 73,07
Roy Hodgson – Crystal Palace (ENG) – 72,86
Dick Advocaat – Feyenoord (HOL) – 72,73
Giampiero Ventura – US Salernitana (ITA/2) – 72,43
Gregorio Pérez – Universitario (PER) – 72,42
Julio Comesaña – Junior (COL) – 72,28
Geninho – Vitória (BRA/2) – 72,10
Winfried Schäfer – Bani Yas (EAU) – 70,44
Héctor Quintabani – Deportes Quindío (COL/2) – 70,04
Nelsinho Baptista – Kashiwa Reysol (JAP) – 69,91
Vladimer Khachidze – Torpedo Kutaisi (GEO) – 69,05
Manuel Cajuda – Leixões (POR/2) – 68,98
Bruce Arena – New England (EUA) – 68,74

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.