Notícias

Corpo encontrado no Parque Náutico pode ser de homem que caiu em córrego

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

4 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 4 de fevereiro de 2019 - 00:00

Motorista desapareceu no riacho na tarde desta quinta. (Foto: Reprodução/RICTV)

O homem de 60 anos sumiu depois que sofreu uma acidente e seu carro caiu dentro de um córrego do Rio Belém

Num primeiro momento, o corpo encontrado no Parque Náutico, no bairro Boqueirão, em Curitiba, por volta das 9h30 desta quinta-feira (4), foi considerado do motorista que desapareceu após o veículo que dirigia cair em um córrego do Rio Belém, no bairro Portão, no dia 24 de janeiro de 2019. Porém, horas depois, a polícia afirmou que a expectativa de ser o corpo de José Alves não se confirmou. 

De acordo com o Gost, o corpo estava preso em um galho há 10 quilômetros do local onde aconteceu o acidente. Eles realizavam buscas quando encontraram o corpo. “Os bombeiros devem continuar as buscas pelo corpo do seu José, e em relação a essa vítima…o caso vai ser repassado a divisão de homicídios, para que possa investigar quem é a vítima e qual foi o tipo de morte que teve. Aparentemente tem uma lesão no crânio, mas só o IML pode confirmar a informação de ser um disparo”, declarou o delegado Osmar Feijó.

Carro cai em córrego no Boqueirão

Na tarde desta quinta, dois carros se envolveram em um acidente na Rua Evaristo da Veiga e, após a colisão, o Fiat Palio – onde estava a vítima e sua esposa – caiu dentro do riacho. A mulher conseguiu sair do veículo, se agarrar na mata ciliar e ser salva por testemunhas. Já seu marido de 60 anos acabou levado junto com o veículo pela correnteza.

O acidente foi que antecedeu a queda do veículo foi na Rua Evaristo da Veiga. (Foto: Lúcio André/RICTV) 
O veículo ficou preso na manilha do riacho. (Foto: Reprodução/RICTV)

Chovia forte no momento da ocorrência e o carro foi arrastado pelo riacho até uma manilha, onde ficou preso de cabeça para baixo. Assim que o nível da água abaixou, o Corpo de Bombeiros conseguiu chegar até ele, mas constatou que o homem não estava lá. Equipes, então, iniciaram uma varredura pela região.

Ainda hoje, familiares do casal irão até o Instituto Médico Legal (IML) para confirmar a identidade do corpo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.