Coronavírus

Remédio para a covid-19 é pesquisado em hospital de Maringá

O medicamento contém um anticorpo especificamente direcionado para o SARS-CoV-2, melhorando a capacidade do sistema imunológico de combater a doença

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com AEN
Remédio para a covid-19 é pesquisado em hospital de Maringá
Foto: Agência Brasil/ Fiocruz

17 de fevereiro de 2021 - 16:44 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 18:08

Pesquisadores do Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM), no noroeste do Paraná, participam de um estudo internacional para avaliar a eficácia e segurança de um medicamento que combate a covid-19 em pessoas com sintomas leves e moderados e também aqueles que integram o grupo de risco. O estudo é feito por meio do Núcleo de Pesquisas Clínicas.

O medicamento estudado, batizado de VIR-7831, contém um anticorpo especificamente direcionado para o SARS-CoV-2, vírus que causa a covid-19, melhorando a capacidade do sistema imunológico de combater a doença

Vinculado à Universidade Estadual de Maringá (UEM) o HUM é a única unidade hospitalar do estado que participa do estudo do remédio contra a covid-19

Voluntários para testar remédio contra a covid-19

A participação dos voluntários é estimada em aproximadamente 24 semanas. Para participar é preciso ter 18 anos ou mais e apresentar algum dos fatores de risco, como diabetes, obesidade, insuficiência cardíaca, doença pulmonar crônica, entre outros. Serão selecionados de oito a dez pacientes para testar a eficácia do medicamento.

Outro grupo será formado por pessoas com 55 anos ou mais, independente de outros fatores de risco, com resultado positivo para o novo coronavírus e um ou mais sintomas de covid-19

Interessados em se candidatar como voluntários podem entrar em contato com o Núcleo de Pesquisa Clínica do HUM pelo telefone (44) 3011-9210, das 8h às 12h.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.