Coronavírus

Prefeitura do interior do Paraná afasta servidoras após mulher furar fila da vacina contra Covid-19

O caso será levado para o Ministério Público; servidoras foram afastadas nesta quinta-feira (28), depois de uma denúncia sobre uma mulher que furou a fila na vacinação contra a Covid-19

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura de Cascavel
Prefeitura do interior do Paraná afasta servidoras  após mulher furar fila da vacina contra Covid-19
(Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)

28 de janeiro de 2021 - 20:12 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 20:12

A Prefeitura de Cascavel, na região oeste do Paraná, afastou duas servidoras municipais e instaurou um processo disciplinar para apurar uma denúncia sobre uma mulher que furou a fila na vacinação contra a Covid-19 na cidade. As servidoras trabalhavam na Central de Vacinação de Cascavel e foram afastadas nesta quinta-feira (28).

“O caso será remetido ao Ministério Público e a pessoa que furou a fila não terá direito a tomar a segunda dose. Agora é momento de tomar transparência e evitar que isso se repita”, disse o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC).

Segundo informações da Prefeitura de Cascavel, a pessoa que furou fila da vacina é da área da saúde, mas não trabalha na Secretaria Municipal de Saúde. O munícipio vai investigar se houve omissão das servidores ou se foi intencional.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel, 7.394 pessoas foram vacinadas na cidade.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.