Coronavírus

Fiocruz começa a liberar vacina da AstraZeneca

As doses foram fabricadas pelo Instituto Serum, na Índia, e o lote atrasou uma semana para chegar ao Brasil

Reuters
Reuters
Fiocruz começa a liberar vacina da AstraZeneca
Fiocruz começa a liberar vacina da AstraZeneca

23 de janeiro de 2021 - 14:56 - Atualizado em 23 de janeiro de 2021 - 15:40

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começou a liberação do lote de 2 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca-Oxford, que chegou ao país na véspera, conforme publicação no Twitter neste sábado.

As doses foram fabricadas pelo Instituto Serum, na Índia, e o lote atrasou uma semana para chegar ao país, segundo os planos iniciais do governo. A Fiocruz informou na véspera que iniciaria a checagem de qualidade e segurança das vacinas, além de rotulagem, durante a madrugada.

“Médicos da Fundação serão os primeiros a serem imunizados com a vacina da AstraZeneca”, afirmou a Fiocruz no Twitter neste sábado.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na sexta-feira que as vacinas da AstraZeneca serão entregues aos Estados ainda neste sábado.

Até a véspera, a única vacina disponível o país era a CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac, que no Brasil tem parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0M0DT-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.