Coronavírus

Empresa vai pagar R$ 200 para funcionário que tomar vacina contra covid-19

Para incentivar a imunização, uma empresa do setor varejista vai pagar R$ 200 para o funcionário que tomar a vacina contra covid-19, que é gratuita

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da NPR
Empresa vai pagar R$ 200 para funcionário que tomar vacina contra covid-19
(Foto: REUTERS/Lucy Nicholson)

14 de janeiro de 2021 - 17:54 - Atualizado em 14 de janeiro de 2021 - 17:57

Uma empresa do setor varejista vai pagar R$ 200 (US$ 39,20) para o funcionário que tomar a vacina contra covid-19, que é gratuita. A decisão é da rede Dollar General, que tem 16 mil lojas nos Estados Unidos. Atualmente, a companhia emprega 157 mil funcionários.

Em um comunicado para o mercado financeiro nesta quarta-feira (13), a empresa disse que, para incentivar a imunização, vai compensar os funcionários que se vacinarem com quatros horas extras de pagamento. Os empregados da Dollar General ganham US$ 9,80 por hora.

Segundo a direção da empresa, como a próxima fase de vacinação nos Estados Unidos será oferecida aos trabalhadores essenciais da linha de frente, incluindo os funcionários de lojas, a Dollar General quer garantir que sua equipe não tenha que escolher entre receber a vacina ou vir trabalhar.

A empresa afirma que incentiva, mas não exige que os funcionários recebam a vacina, por se tratar de uma escolha pessoal.

Nos Estados Unidos, empresas estão lutando para fazer lobby junto aos governos para garantir a prioridade da vacina. Em dezembro, a Federação Nacional de Varejo enviou uma carta ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), argumentando que os 32 milhões de trabalhadores varejistas do país deveriam ter acesso antecipado a vacina.

O presidente-executivo da empresa, Todd Vasos, disse que a Dollar General tem um papel a desempenhar no controle da disseminação do vírus, particularmente nas áreas rurais, onde estão 70% das lojas. “Acreditamos que, à medida que a vacina continua ganhando impulso, precisamos levá-la à zona rural da América”, afirmou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.