Coronavírus

Justiça autoriza aulas presenciais nas escolas particulares em Londrina

As famílias poderão avaliar a possibilidade de retorno ou não dos seus filhos para a escola.

André
André Justus
Justiça autoriza aulas presenciais nas escolas particulares em Londrina
Imagem: Reprodução/Pexels

15 de outubro de 2020 - 12:10 - Atualizado em 15 de outubro de 2020 - 12:10

O Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe) conseguiu uma liminar, no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), que autoriza o retorno das aulas presenciais nas escolas particulares de Londrina, no norte do Paraná. A decisão vale para as escolas filiadas ao Sinepe.

“Se os profissionais das mais variadas áreas estão retomando suas atividades presenciais, com quem ficarão seus filhos nesse interregno?”

Um dos pontos destacados pelo desembargador Robson Marques Cury, da 6ª Câmara Cível, é que o retorno deverá ser facultativo, sendo decisão de cada família avaliar a possibilidade de retorno ou não dos seus filhos para a escola.

“É certo que a reabertura deverá ser gradual, escalonada, híbrida e sob o viés acolhedor. Trata-se, nesse momento, de priorizar o acompanhamento pedagógico, social e psicológico dos infantes, sem qualquer intenção conteudista de “buscar o tempo perdido” em relação ao ano letivo.”

As aulas estão suspensas desde março em Londrina. As escolas públicas continuam com as aulas presenciais suspensas, sem previsão de retorno.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!