Coronavírus

Argentina barra entrada de brasileiros até 8 de janeiro

Além disso, a Argentina suspendeu a chegada e saída de voos da Itália, Dinamarca, Holanda e Austrália, além de manter também a restrição com o Reino Unido devido a nova variente da covid-19

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Argentina barra entrada de brasileiros até 8 de janeiro

26 de dezembro de 2020 - 10:22 - Atualizado em 26 de dezembro de 2020 - 10:22

O governo da Argentina voltou a barrar a entrada de brasileiros e outros estrangeiros vindos de países como Uruguai, Chile, Bolívia e Paraguai por conta da nova onda de casos de coronavírus.

Além disso, a Argentina suspendeu a chegada e saída de voos da Itália, Dinamarca, Holanda e Austrália, além de manter também a restrição com o Reino Unido devido a nova variente da covid-19.

Argentina barra entrada de brasileiros até pelo menos 8 de janeiro de 2021

As novas medidas estipuladas pela Argentina entraram em vigor na sexta-feira (25), e devem valer, a princípio, até 8 de janeiro de 2021.

Anteriormente, a Argentina havia permitido a entrada de estrangeiros de países limítrofes, inclusive brasileiros, que apresentassem teste negativo de covid-19, mas tudo mudou com a nova onda de casos.

Em nota, o governo local afirmou que apenas argentinos e residentes estão autorizados a entrar no país com exigência de PCR negativo e quarentena obrigatória de sete dias.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.