Notícias

Condutor alcoolizado anda na contramão por dois quilômetros

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

21 de maio de 2018 - 00:00 - Atualizado em 21 de maio de 2018 - 00:00

Depois de toda confusão, o motorista ainda teria tentado ligar o carro para fugir do local, mas foi barrado por policiais (Foto: Bruno Costa/RICTV Londrina)

Diversos veículos, inclusive um ônibus de turismo, desviaram do carro em alta velocidade, mas um táxi acabou colidindo frontalmente

*Com informações da repórter Daniela Calsavara, da RICTV Londrina

Um homem andou por quase dois quilômetros na contramão da Avenida Brasília, que é trecho urbano da BR-369, em Londrina, no norte do Paraná, na noite deste domingo (20). Por sorte, ele não colidiu contra um ônibus de turismo.

Leia também: Farmacêutico é morto por amigos e enterrado no próprio quintal

De acordo com testemunhas, uma viatura da Polícia Militar (PM) a princípio pensou que o homem tinha entrado na rua por engano e fez sinal de luz. Percebendo que ele estava alterado e continuava na contramão, colocando a própria vida e de outras pessoas em risco, ligou a sirene. Apesar da insistência da viatura em tentar parar o condutor, de 60 anos, ele não diminuiu a velocidade.

Outro motorista filma toda a ação e flagra o momento em que um ônibus de turismo é obrigado a desviar do veículo para que um acidente não ocorra. Diversos veículos conseguiram desviar do carro em alta velocidade, mas um táxi acabou colidindo de frente

Leia também: Briga entre vizinhos termina em morte no Juvevê

O motorista do carro que provocou o acidente sofreu um corte na boca, o motorista do táxi um corte no nariz e a passageira precisou ser retirada do automóvel com mais cuidado porque sofreu uma batida forte na cabeça.

(Foto: Bruno Costa/RICTV Londrina)

Leia também: Irmãos são esfaqueados em briga de bar

Depois de toda confusão, o motorista ainda teria tentado ligar o carro para fugir do local, mas foi barrado por policiais. Ele realizou o teste do bafômetro e foi constatado que ele ingeriu álcool antes de dirigir. O homem teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida.

Assista: