Kauana
Kauana

27 de maio de 2020 - 00:00

Atualizado em 6 de julho de 2020 - 11:08

Notícias

Como a pandemia está afetando o ecossistema das startups

Como a pandemia está afetando o ecossistema das startups

Junto com a preocupação com a saúde, a pandemia acabou gerando também uma grande incerteza sobre o cenário econômico. Para o ecossistema das startups, que dependem essencialmente de investimentos para escalarem os seus negócios, esta incerteza gerou muita estagnação, e alguns novos negócios ainda não conseguiram sair do papel. Mas você já escutou aquela expressão:

“Você prefere chorar ou vender lenços?”,

então veja na prática como as startups do Condor Connect estão lidando com isto.

O modelo econômico das startups, principalmente nos anos iniciais de seu desenvolvimento, é pautado na regra de trabalhar sempre mais com menos. Com seus planejamentos e orçamentos ligeiramente apertados, neste novo cenário de incerteza e isolamento social, todas elas acabam sofrendo algum impacto no curto prazo. Mas onde algumas startups encontram as barreiras do isolamento social para atingirem seus objetivos, outras por sua vez encontram neste cenário a oportunidade para se reinventarem. Vamos contar alguns casos interessantes para vocês.

A grande onda do momento para é o comércio online, não é mesmo? Afinal de contas, se com o isolamento social as pessoas não conseguem sair de suas casas para consumirem, nada mais oportuno que o consumo ser oferecido para elas dentro de suas próprias casas, e o que é melhor, sem nenhum contato social para isso. Neste mercado temos duas startups do Condor Connect que se destacaram por estes momentos.

A meucompras.com é uma startup que oferece um market place para pequenos varejistas. Com uma solução bastante prática para os pequenos comerciantes, o crescimento da startup ainda era impactado pela resistência dos mesmo em largar o tradicional sistema de visitas do representante comercial.

Com a necessidade de isolamento social, tanto comerciantes quanto representantes se viram numa situação inusitada, uns não tinham de quem comprar, os outros não tinham como sair vender. Qual a solução? Que tal um Market place para pequenos e médios varejistas?

“Foi neste momento que a meucompras.com mudou a sua estratégia de abordagem comercial e conseguir crescer 4 x mais que o esperado para o período.”, explica Gustavo Erzinger.

Outra startup que soube aproveitar a oportunidade com a sua estratégia foi a EcoBike Cargo. Focada no segmento de logística e distribuição, a empresa buscava o seu crescimento no mercado voltando a sua estratégia de atuação para a micro distribuição de pequenos volumes em grandes centros urbanos.

“Não se justifica usar um veículo para trafegar no caos do trânsito em grandes centros urbanos para a entrega de pequenos volumes”, explica Vitor, CEO da startup ECOBIKE.

Mas com a pandemia muitas pessoas ficaram isoladas em suas casas, umas por obrigação, outras por precaução.

Mas as pessoas não estavam preparadas para lidar com isto e as necessidades de insumos básicos (supermercados, por exemplo) ainda precisavam ser resolvidas. Foi assim que a EcoBike Cargo introduziu sua bicicleta com capacidade para 420 litros e 100 kg de carga para realizar a entrega das compras nos supermercados. Integrando com os sistemas de vendas de e-commerce das lojas, a oportunidade só fez crescer o interesse e o impacto dos serviços.

E falando em supermercados, este foi um setor que mesmo com toda a pandemia e o isolamento social não poderia parar.

“As pessoas precisam de insumos básicos para viver, e a maioria delas não tem ninguém que possa fazer isto por elas”, comentou Luiz, da startup AR3D.

Pensando em reduzir o impacto da exposição das pessoas ao risco de infecção pelo Covid, a startup adaptou a sua atendente virtual em projeção holográfica para oferecer instruções de segurança para todas as pessoas que frequentam os supermercados. E a ideia agradou, tanto pela mensagem quanto pelo fato de não precisar nenhuma interação humana para isto.

Este é o momento de construirmos um novo normal, busque soluções inovadoras. Juntos podemos vencer esta pandemia. Tem vontade de fazer a sua startup acontecer?  Entre em contato através do e-mail connect@condor.com.br e oi@labiie.com.br e agende a oportunidade de fazer a sua ideia decolar. Participe agora e trabalhe o perfil empreendedor para o seu negócio. Empreenda-se.