Notícias

Com gol nos acréscimos, Athletico vence o Atlético-GO por 2 a 1

Thiago Heleno foi o herói do Furacão, ao marcar o gol da vitória aos 46 minutos do segundo tempo; resultado leva o Furacão a oitava colocação, na briga pela vaga na Libertadores

Guilherme
Guilherme Almeida
Com gol nos acréscimos, Athletico vence o Atlético-GO por 2 a 1
Resultado deixa o Furacão muito vivo na briga pela Libertadores (Foto: Fabio Wosniak)

14 de fevereiro de 2021 - 20:24 - Atualizado em 14 de fevereiro de 2021 - 20:29

Na noite deste domingo (14), Athletico e Atlético-GO se enfrentaram, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em um jogo equilibrado, onde a igualdade insistia em permanecer, o Athletico foi buscar a vitória no apagar das luzes e saiu da Arena da Baixada vencedor. Thiago Heleno foi o herói do Furacão, ao marcar aos 46 minutos do segundo tempo. Vitinho e Roberson marcaram os outros gols da partida.

O resultado é fundamental para o Athletico, que soma três pontos e alcança a oitava colocação, vivo na briga pela vaga na Libertadores, com 50 pontos. Já o Atlético-GO permanece em décimo terceiro, com 46 unidades.

Na próxima rodada, a 37ª, e penúltima do Campeonato Brasileiro, o Athletico terá pela frente o Grêmio, no domingo (21), às 18h15, na Arena do Grêmio. Já o Atlético-GO terá o Palmeiras, na segunda-feira (22), às 18h, no Allianz Parque.

Athletico 2 x 1 Atlético-GO

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente. As equipes abusaram dos cruzamentos e dos passes errados, e não conseguiram criar chances efetivas de gol. A melhor oportunidade do Atlético-GO foi aos 14, com Chico, que mandou rente a trave de Santos.

O Athletico tinha a posse de bola mas não conseguia aproveitar os espaços. Só levou certo perigo em cabeçadas de Pedro Henrique e Thiago Heleno, mas nada que assustasse o goleiro Jean.

A tônica da segunda etapa foi a mesma da primeira. As equipes tinham espaços, mas não conseguiam aproveitar as oportunidades. Chico teve a chance mais clara aos 13, mas de frente para o gol, isolou.

Até que o Furacão finalmente conseguiu ter êxito. Aos 17, Vitinho recebeu passe Abner e mandou uma bomba, da entrada da área. A bola foi colocada, sem chances para Jean.

Mas, a alegria do Athletico não durou muito. Aos 25, Janderson cruzou da direita, Roberson ganhou de Jonathan e cabeceou. A bola bateu no travessão e em Santos, morrendo no fundo da rede.

As equipes voltaram a errar e a igualdade parecia que permaneceria. No entanto, aos 46 minutos, Nikão fez um cruzamento primoroso, na cabeça de Thiago Heleno, que ganhou da defesa goiana e mandou forte, sem chances para Jean, determinando a importante vitória do Furacão no Campeonato Brasileiro.

Campeonato Brasileiro Série A
36ª rodada

ATHLETICO X ATLÉTICO-GO

Athletico: Santos; Jonathan (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Richard, Vitinho (Walter), Léo Cittadini e Carlos Eduardo (Zé Ivaldo); Nikão e Renato Kayzer (Jadson)
Técnico: Paulo Autuori
Cartões Amarelos: Abner Vinícius (1ºT/28”); Richard (1°T/41”); Jonathan (1ºT/48”)
Gols: Vitinho (2ºT/17”); Thiago Heleno (2ºT/46”)

Atlético-GO: Jean; Dudu, Oliveira, Éder e Natanael (Arnaldo); Willian Maranhão (Baralhas), Marlon Freitas e Wellington Rato; Janderson (Vitor), Zé Roberto (Danilo Gomes) e Chico (Roberson)
Técnico: Marcelo Cabo
Cartões Amarelos: Chico (1ºT/40”);
Gols: Roberson (2ºT/25”)

Data: 14 de fevereiro de 2021
Local: Arena da Baixada
Horário: 18h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Lillian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
Árbitro de vídeo: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)