Clima e Tempo

Efeitos do ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica no Paraná

Famílias estão há quase uma semana sem energia elétrica

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Efeitos do ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica no Paraná
(FOTO: EDUARDO MATYSIAK)

6 de julho de 2020 - 12:41 - Atualizado em 6 de julho de 2020 - 12:41

O ciclone bomba que passou pelo Paraná no dia 30 de junho ainda deixa marcas na Região Metropolitana de Curitiba e no Litoral. De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), na manhã desta segunda-feira (6), os eletricistas ainda trabalham para atender mais de 12 mil residências que estão sem energia.

Na última terça-feira (30), após fortes ventos e uma tempestade que atingiu cidades do Paraná, aproximadamente 200 mil pessoas ficaram sem energia elétrica.

Moradores ainda estão sem luz

A Copel informou que os trabalhos de recuperação dos estragos causados pelo ciclone bomba não foram interrompidos nenhum dia. Durante o final de semana milhares de paranaenses tiveram as residências energizadas, mas ainda é preciso reconstruir redes em locais de difícil acesso.

Em alguns locais, os eletricistas precisam carregar os postes pois os caminhões não conseguem ter acesso a região.

No litoral, cinco cidades ainda sofrem mais com a falta de energia. Confira o número de residências ainda sem luz:

  • Morretes – 1.399 
  • Guaraqueçaba –  1.275 
  • Antonina – 1.170 
  • Paranaguá – 1.119 
  • Guaratuba – 953 

na Região Metropolitana de Curitiba são mais de 6 mil residências sem energia elétrica:

  • Tijucas do Sul –  1.205 
  • Mandirituba – 1.090 
  • Quitandinha – 1.035 
  • Araucária – 832 
  • Rio Negro – 746 
  • Lapa –  663 
  • São José dos Pinhais –  492 
  • Piên – 408 
  • Piraquara – 304