Clima e Tempo

Neve no Paraná: semana tem grandes chances de ser marcada por fenômeno climático

De acordo com o Simepar, o fenômeno pode acontecer em diversas regiões do estado ainda essa semana

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária
Neve no Paraná: semana tem grandes chances de ser marcada por fenômeno climático
Quantas pontas tem um floco de neve real

28 de junho de 2021 - 18:52 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 18:55

O município de Palmas, localizado na região centro-sul do Paraná, registrou uma chuva congelada no início da tarde desta segunda-feira (28). Apesar de ter sido um fenômeno pontual que gerou diversas dúvidas se seria uma possível queda de neve, o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) afirmou que o registro de hoje não se caracteriza como neve. Porém, as chances de acontecê-lo nos próximos dias em todo estado são grandes, devido aos índices de umidade.

Veja o momento:

Diferença de fenômenos

Até o momento, Palmas foi o único munícipio paranaense a registrar neve neste inverno. Em outras regiões do estado, foi apenas chuva congelada. A diferença entre esses fenômenos e os demais se dá por características muito específicas de cada um.

Veja também: Frio: semana começa com chuva congelada no sudoeste do estados

Quando há neve, significa que a chuva se congela na atmosfera e cai. Em relação a chuva congelada, ela sai das nuvens líquida e congela no percurso. Já a chuva de granizo, a chuva sai na forma de gelo das nuvens.

Sobre as geadas é possível diferenciar em geada branca e geada negra. No primeiro caso o fenômeno se forma na superfície pelo congelamento do vapor de água. No segundo, respectivamente, vem uma massa de ar com temperatura abaixo de zero graus, com vento e congela as células das plantas por onde passa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.