Notícias

Cientistas estudam ‘sereia’ encontrada no oceano pacífico

Junto com o corpo da ‘sereia’ havia uma carta, que supostamente foi escrita pelo um ex-proprietário da múmia

Carol
Carol Machado / Produtora
Cientistas estudam ‘sereia’ encontrada no oceano pacífico
Cientistas estudam ‘sereia’ mumificada - Foto: reprodução

3 de março de 2022 - 12:34 - Atualizado em 3 de março de 2022 - 12:36

Uma misteriosa criatura foi encontrada na ilha japonesa de Shikoku, entre 1736 e 1741, está atualmente guardada em um templo da cidade de Asakuchi. A aparência do corpo encontrado é semelhante à de um humano, mas a parte inferior possui uma espécie de cauda, por isso foi chamada de ‘sereia’ pelos populares.

Agora, os pesquisadores de Kurasiki University of Science and the Arts levaram a ‘sereia’ para realizar uma tomografia computadorizada para tentar desvendar os mistérios e segredos que rondam essa criatura.

De acordo com Hiroshi Kinoshita, coordenador do projeto científico, disse que a criatura pode ter um significado religioso.

“As sereias japonesas têm uma lenda da imortalidade. Dizem que se você comer a carne de uma sereia, você nunca morrerá. Há uma lenda em muitas partes do Japão que uma mulher acidentalmente comeu a carne de uma sereia e viveu por 800 anos”,

disse ele.

Junto com o corpo da ‘sereia’ havia uma carta histórica datada de 1903, que supostamente foi escrita pelo um ex-proprietário da múmia.

“Uma sereia foi capturada em uma rede de captura de peixes no mar da província de Kochi. Os pescadores que o pegaram não sabiam que era uma sereia, mas o levaram para Osaka e o venderam como um peixe incomum. Meus ancestrais o compraram e o guardaram como um tesouro de família”,

afirma a carta

Kinoshita acredita que a criatura foi fabricada 

“Claro, não acho que seja uma sereia de verdade. Acho que é feito de animais vivos e gostaríamos de identificá-los por tomografia computadorizada ou teste de DNA”

disse ele.

Os cientistas irão publicar suas descobertas sobre a ‘sereia’ ainda este ano. As informações são do The Sun.

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.