Notícias

China cortará taxas de compulsório de maneira oportuna, diz premiê segundo imprensa estatal

Reuters
Reuters
China cortará taxas de compulsório de maneira oportuna, diz premiê segundo imprensa estatal
Telão mostra premiê da China, Li Keqiang, em Pequim

3 de dezembro de 2021 - 09:40 - Atualizado em 3 de dezembro de 2021 - 09:45

PEQUIM (Reuters) – A China cortará as taxas de compulsório dos bancos de maneira oportuna para ajudar a proteger a estabilidade econômica, disse nesta sexta-feira o primeiro-ministro Li Keqiang, segundo a imprensa estatal chinesa.

A China implementará políticas econômicas contínuas e as tornará mais direcionadas e eficazes, disse Li durante uma reunião com a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, por meio de uma chamada em vídeo.

Ele acrescentou que o país manterá sua política monetária prudente e uma liquidez razoavelmente ampla.

A China vai “cortar as taxas de compulsório de maneira oportuna para intensificar o apoio à economia real, especialmente a pequenas e micro empresas, para garantir operações econômicas estáveis e saudáveis”, disse Li.

(Por Kevin Yao e redação de Pequim)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB20II-BASEIMAGE