Agronegócio

China compra 5,7 mil t de carne suína dos EUA para entrega em 2020

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de dezembro de 2019 - 00:00

São Paulo, 27/12/2019 – Exportadores dos Estados Unidos venderam 5,7 mil toneladas de carne suína para a China na semana encerrada em 19 de dezembro para entrega em 2020, informou o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) em relatório semanal de vendas. Além disso, a China cancelou compras de 800 toneladas para entrega em 2019.

As vendas líquidas dos EUA na semana foram de 16,4 mil toneladas para entrega em 2019. O volume representa queda de 39% ante a semana anterior e de 42% ante a média das quatro semanas anteriores. Os principais compradores foram México (12,2 mil t), Japão (2,4 mil t), Coreia do Sul (1,7 mil t), Canadá (1,4 mil t) e Vietnã (200 t). Além das 800 toneladas pela China, cancelamentos foram feitos principalmente por Austrália (600 t), Colômbia (400 t) e Chile (200 t).

Para 2020, foram vendidas 17,8 mil toneladas, principalmente para China (5,7 mil t), México (2,7 mil t), Austrália (2,3 mil t), Japão (2,2 mil t) e Colômbia (1,4 mil t).

Os embarques totais somaram 40,1 mil toneladas, alta de 2% ante a semana anterior e avanço de 5% em relação à média das quatro semanas anteriores. Os principais destinos foram China (16,1 mil t), México (10,5 mil t), Coreia do Sul (3,2 mil t), Japão (3 mil t) e Canadá (2,2 mil t).

Exportadores norte-americanos esperam realizar expressivas vendas para o país asiático, já que a China tem apresentado maior necessidade de importação de proteína animal por causa da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.