Notícias

Cerveró recebe tornozeleira eletrônica e deixa carceragem da PF

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de junho de 2016 - 00:00 - Atualizado em 24 de junho de 2016 - 00:00

(Imagem: Fotos Públicas)

Após acordo de delação premiada, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, preso na Lava Jato, deve cumprir pena em casa

Preso desde janeiro de 2015 pela operação Lava Jato, o ex-diretor da área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, deixou a sede da Polícia Federal, em Curitiba, na manhã desta sexta-feira (24).

Cerveró recebeu uma tornozeleira eletrônica na quinta-feira (23), após firmar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), devendo cumprir pena em casa, no Rio de Janeiro. Ele foi condenado a 27 anos e quatro meses de prisão.

O acordo também prevê que o ex-diretor devolva cerca de R$ 17 milhões aos cofres públicos.  

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.