Notícias

Cemitério de Campo Mourão é alvo de furto de objetos de bronze

Pelo menos 11 vasos de bronze foram arrancados de jazigos, onde estavam afixadas por parafusos ou cola

Renan
Renan Vallim / Repórter
Cemitério de Campo Mourão é alvo de furto de objetos de bronze
(Foto: Valdir Bonete)

14 de julho de 2021 - 08:04 - Atualizado em 14 de julho de 2021 - 08:10

O Cemitério Municipal São Judas Tadeu, em Campo Mourão, tem sido alvo constante de furto nos últimos dias. Pelo menos 11 vasos de bronze foram arrancados de jazigos, onde estavam afixadas por parafusos ou cola. A administração do cemitério registrou boletins de ocorrência junto à Polícia Civil, que agora investiga a autoria dos crimes.

“Temos percebido esses furtos e pelo que tudo indica essas pessoas estão agindo na calada da noite. São quase 90 mil metros quadrados de área e a vigilância não dá conta de fiscalizar porque essas pessoas esperam a ocasião mais apropriada para agir”, ressaltou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Ireno dos Reis Pereira.

(Foto: Valdir Bonete)

Ele observa que são peças com valor de mercado, possivelmente sendo revendidas em estabelecimentos da cidade e região. No entanto, é preciso ressaltar que são bens que pertencem às famílias de falecidos e, portanto, possuem valor sentimental. “Quem pega sabe o que está levando e se tem alguém furtando é porque alguém está comprando, por isso solicitamos atenção especial da polícia para essa situação”, complementa o secretário.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.